CSS Light Web Gallery

Blog

10 passos para economizar energia em casa

A economia de energia elétrica dentro de casa só traz vantagens: além da sustentabilidade relacionada ao uso consciente de recursos, ajuda a manter o orçamento doméstico equilibrado. E o verão é um ótimo período para rever alguns hábitos e aliviar a fatura mensal de consumo – especialmente para os moradores da região Sul do Brasil, que costumam utilizar aquecedor e chuveiro na temperatura máxima durante o inverno. Conheça 10 dicas simples e eficientes para economizar energia elétrica no verão:

1. Manutenção de aparelhos
Você sabia que eletrodomésticos com má conservação podem impactar no consumo de energia elétrica em até 20%? Para evitar esse problema, mantenha os aparelhos limpos, como filtros de ar-condicionado, aspirador de pó e parte externa da geladeira. A borracha de vedação do refrigerador também pode sobrecarregar o equipamento, elevando o consumo. Faça o teste: Feche a porta com uma folha de papel entre ela e a borda. Tente tirar o papel – se sair com facilidade é sinal de que a borracha não está com boa vedação. Hora de trocar!

2. Ar-condicionado na temperatura certa
Outro responsável pelo aumento na conta de luz é o ar-condicionado, principalmente em residências que deixam o eletrodoméstico em funcionamento a noite toda. Para amenizar o consumo, mantenha em uma temperatura de 23°C a 25°C no verão. No inverno também vale o cuidado: a recomendação é configurar de 21°C a 23°C.

3. Ventilação natural
Abuse da ventilação natural durante o verão. As janelas abertas não só ajudam a circular ar como também refrescam os cômodos à noite. Assim, muitas vezes basta o ventilador para tornar o clima mais agradável. Essa dica também vale para quem for ligar o ar-condicionado: antes de colocar o aparelho em funcionamento, deixe as janelas abertas por cinco a 10 minutos até o ar quente/parado se dissipar.

4. Chuveiro na posição ‘verão’
O chuveiro é um dos principais vilões do consumo de energia elétrica. O período das 18h às 21h é considerado ‘horário de pico’, então evite tomar banho nessa faixa. Sempre que possível, utilize o chuveiro elétrico na posição ‘verão’, que gera uma economia de 30% em relação à posição ‘inverno’. Para quem usa ducha com aquecimento a gás, o ideal é que os banhos sejam tomados em sequência, evitando que a água já aquecida esfrie entre os usos. Vale lembrar: faça uso consciente também da água, com banhos de no máximo 7 minutos.

5. Lâmpadas de LED
Conforme necessitar trocar as lâmpadas de casa, substitua as fluorescentes pelas de LED, que são mais econômicas e com longa durabilidade. Mesmo que custem um pouco mais, a economia aparece a médio e longo prazo. Dê um ‘up’ na economia de energia elétrica aproveitando bastante a iluminação natural.

6. Rede 220 volts
Se puder, troque a rede da sua residência para 220v. Segundo especialistas, essa medida oferece mais segurança e pode representar economia. O chuveiro elétrico, maior corrente da casa, é o principal beneficiado, pois  ele consegue gerar economia e um banho com mais qualidade.

7. Aparelhos fora da tomada
Procure deixar os aparelhos elétricos fora da tomada quando não estiverem em uso, porque o modo stand by consome energia elétrica (cerca de 12%). Micro-ondas, televisores e aparelhos de rádio são alguns dos equipamentos que não necessitam ficar conectados à tomada durante longos períodos sem uso – como enquanto você dorme ou está fora trabalhando, por exemplo.

8. Cores claras
Uma solução eficiente para otimizar a iluminação nos cômodos é utilizar cores claras nas paredes e no teto, porque elas ajudam a refletir melhor a luz natural que entra pelas janelas, bem como a claridade emitida pelas lâmpadas à noite. Se você gosta de cores quentes, coloridas ou mesmo escuras, escolha apenas uma parede para isso, ou móveis e acessórios decorativos.

9. Fotocélulas em áreas externas
Quem mora em casa com quintal/varanda pode instalar células fotoelétricas nas áreas externas. Esse recurso faz com que as lâmpadas acendem apenas à noite, quando a sombra as alcança. Outra opção para o jardim são as luminárias solares, que funcionam por meio do armazenamento de energia solar durante o dia (à noite elas acendem sem gastar energia elétrica).

10. Uma questão de hábito
Além de contar com soluções e dicas economizadoras, o racionamento de energia elétrica está diretamente ligado aos nossos hábitos. Portanto, é sempre válido observar seu comportamento e de sua família, estimulando atitudes conscientes.

Que tal compartilhar este conteúdo nas redes sociais e ajudar seus amigos a economizarem energia elétrica?

Compartilhe:

Galeria de Imagens